O Cantinho da Bó Fá é um espaço dedicado aos meus tesouros. São a minha vida. Vivo "deles" e para eles. Aqui pretendo transmitir as alegrias de ser avó. Y otras cositas más...

.historias recentes

. Parece que estive de féri...

.O que para aqui vai...

. Janeiro 2014

. Setembro 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008


Quarta-feira, 6 de Outubro de 2010

Parece que estive de férias mas...

... não foi bem assim. Quer dizer houve hotel e tudo mas... a trabalhar.

 

Trabalhei que nem uma condenada. Mas adorei cada segundo. Orgulho-me de ter organizado (e participado) numa conferencia onde estiveram pessoas de todos os cantos do mundo. Desde a Australia ao Japão, da Koreia a Marrocos, do Brasil à Ukrania, eu sei lá. Tantas culturas diferentes.  

Pessoas que nada sabiam sobre Portugal, mas que desde que souberam que a conferencia se iria realizar aqui, começaram a tentar saber mais e mais sobre o nosso país. Chamaram a Lisboa "the re-borning city".

E eu, através deles, e das coisas que lhes mostrei, encontrei também o orgulho de descender de bravos e destemidos portugueses que, sem medos, atravessaram oceanos e deram novos mundos ao mundo. Lembro-me concretamente do meu colega australiano me dizer que haviam actualmente estudos que demonstravam que os Portugueses estiveram na Austrália muito antes do Cap. Cook lá ter chegado.

Numa das saídas nocturnas para jantar, levei-os ao fado. Que faz também parte da nossa história. Acrescento que tive sorte na escolha do restaurante. A comida era simplesmente fantástica, os artistas com nome feito na praça. Engraçado era o presidente pedir que lhe traduzisse as letras. Que lhe dissesse sobre o que eram as canções, etc.

Foi uma semana intensa. No final, todos saíram daqui com o prazer de conhecer um dos mais belos países da Europa, com uma história enorme. Um passado que mais que nunca, temos de recordar com orgulho.

 

E agora, vamos voltar ao normal. Embora trabalhando menos, é também muito menos interessante.

 

 



.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


.tags

. todas as tags

.Fazer olhinhos

blogs SAPO

.subscrever feeds