O Cantinho da Bó Fá é um espaço dedicado aos meus tesouros. São a minha vida. Vivo "deles" e para eles. Aqui pretendo transmitir as alegrias de ser avó. Y otras cositas más...

.historias recentes

. 6 meses de uma saudade im...

. Parabéns meu Pai!!!!

. Carta para o meu Pai

. Não está fácil... não mes...

. Até quando esta dor?

. Não são boas as noticias

. ...

. Para variar...

. Do fim de semana...

. Da escola...

.O que para aqui vai...

. Janeiro 2014

. Setembro 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

Quinta-feira, 26 de Novembro de 2009

As distancias vistas pelos olhos das crianças

 

- Oh Bó Fá, gostava que tu não morasses noutro país. Assim não tinha tantas saudades tuas.

 

- Mas, meu amor, a Bó Fá não mora noutro país, mora noutra cidade, só.

 

- É a mesma coisa, é longe.

 

 

 

 É só atravessar a ponte. Mas o longe e o perto é sempre tão relativo...

 

sinto-me:
tags:

publicado por Fá às 09:51

link do post | Vá...comentem | favorito

9 comentários:
De mimi a 26 de Novembro de 2009 às 10:33
A sinceridade deles deveria ser novamente aprendida por nós, os crescidos, não achas?
Que amoroso!
Bj


De a 26 de Novembro de 2009 às 11:27
Acho sim, pese embora o facto de que essa sinceridade pode, às vezes, ser cruel. Mas pelo menos saberíamos com o que contar, não?
Beijinhos


De cuidandodemim a 26 de Novembro de 2009 às 17:33
Para as crianças tudo é relativo :) Para eles estar longe da sua avó custa, quer esteja a 5 ou a 50km...
Bjns e parabéns pelos netos de ouro que tem :)


De a 26 de Novembro de 2009 às 17:51
Obrigada querida. São de ouro sim. E são também a minha razão de viver.
Beijinhos grandes


De rodrigando a 27 de Novembro de 2009 às 03:01
Hoje tive o meu Daniel lá na Escola. Foi com o avô Lino buscar a mãe às aulas.
Quando saiu do carro correu para mim e deu-me um abraço tão apertado! Soube tão bem aquele abracinho.
Não sei se somos tontas ou mariquinhas mas a verdade é que tudo o que vem deles derrete-nos,não é?


De a 27 de Novembro de 2009 às 09:18
Completamente. Eu sinto que tenho o mundo nas nas mãos cada vez que recebo um abraço deles.
Beijinhos ebom fim de semana amiga


De M.Luísa Adães a 2 de Dezembro de 2009 às 11:15


A distância, como tudo, é relativa.

Para eles, tu estás distante
Embora estejas, sempre, junto deles.

Eles entendem assim
e já falam de saudade.

Eu tenho a minha neta em São Paulo - Brasil, meu
filho, minha nora.
Todos tão longe e tão perto...

Aprendi, não sei se muito bem, a aceitar a distância, num atravessar de uma ponte ficticía, construída por mim, a transpor o Oceano Atlântico.

E vivo, não quero deixar de viver, mas a vida tem
sido complexa e por vezes saem poemas magoados.

Gostei do teu dissertar.

beijos,

Maria luísa


De a 2 de Dezembro de 2009 às 15:16
É verdade sim minha amiga. As distancias são sempre relativas. Mas o amor atravessa mares e oceanos. E como dizes e muito bem há que construir pontes, nem sejam imaginárias, que nos ajudem a relativizar essas distancias. O amor é uma delas.
Beijinhos


De M.Luísa Adães a 2 de Dezembro de 2009 às 18:24
Temos de nos lembrar sempre, dos deserdados deste
mundo e muitos desconhecem a palavra Amor.

Muito menos conhecem o sentimento...

Eu procuro aceitar a distância - interessa é que
tudo esteja bem - e eu aceito!

beijos,

Mª. Luísa


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


.tags

. todas as tags

.Fazer olhinhos

blogs SAPO

.subscrever feeds