O Cantinho da Bó Fá é um espaço dedicado aos meus tesouros. São a minha vida. Vivo "deles" e para eles. Aqui pretendo transmitir as alegrias de ser avó. Y otras cositas más...

.historias recentes

. O meu pai...

. O fim de semana

. Talvez pela ultima vez...

. E lá foi ele...

. Não há condições...

.O que para aqui vai...

. Janeiro 2014

. Setembro 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

Lilypie Kids Birthday tickers
Lilypie Kids Birthday tickers

Segunda-feira, 19 de Janeiro de 2009

O meu pai...

 

... já foi operado e correu bem. Parece que os medicos ainda tiveram algum trabalho extra, houveram algumas complicaçoezitas, mas de menor importancia felizmente. O resultado final é que ele está bem, a falar.. e com fome imagine-se. A primeira coisa de que se lembrou foi do almoço, porque tinha fome.

  

A ansiedade em que estava nao me permitiu visitar os vossos cantinhos, o telefone nao parava, mas já, já, vou começar a minha ronda.

 

Beijinhos

 

 

 

sinto-me: bem melhor

publicado por Fá às 16:20

link do post | Vá...comentem | ver comentários (6) | favorito
|

O fim de semana

 

O fim de semana passou a correr.

Desta vez apenas o Ruben foi comigo. As constantes idas ao hospital para visitar o meu pai, impediam que levasse o Rafa. Isto porque o Ruben já tem desenvolvidos laços de amizade e confiança com algumas pessoas mais próximas, como a madrinha, os meus sobrinhos (que para eles sao tios) e ficou, sem dramas, com a Ritinha e com os pais. Já aqui falei dela e do carinho que os meus tesouros tem por ela.

Já o Rafa, é completamente dependente de mim. Nao fica com ninguém. E como também nao podia entrar no hospital, optei por nao o levar. Mas confesso que as saudades sao mais que muitas. Até porque quando falava com ele ao telefone, sempre me perguntava "Bó Fá vens bucai-me?" E hoje de manha enquanto se preparava perguntava á mae se ia para a escola ou para a Bó Fá. É um tesourinho muito doce.

 

Concretamente e em relaçao ao meu pai, fui ve-lo no Sábado e achei-o assim um pouco tristinho. Nao gostou nada mesmo ter de ficar internado e pediu para ir a casa no fim de semana. Só que, juntando o estado débil em que se encontra, ao tempo frio e húmido, era uma conjugaçao perfeita para uma constipaçao (ou pior) e achou-se por bem que ele lá ficasse.

Ontem já o encontrei bem melhor, mais bem disposto. Talvez também porque já tinha sido informado que deveria ser hoje a operaçao. E o que ele que é sair dali para fora.

Só ficou mais agitado quando se lembrou que eu ainda me vinha embora ontem. Aí, pronto, estava sempre a mandar-me embora. "olha o tempo...olha a noite...vai-te embora, etc). Até que me vim mesmo embora, para que ao menos eu, nao servisse de afliçao para ele.

 

E pronto...esperamos que seja hoje mesmo porque já ninguém aguenta tanta ansiedade.

Sabemos que, devido ao seu estado débil, é arriscado. Mas entre nao fazer nada (que tambem era arriscar) e tentar que ele tenha uma melhor qualidade de vida optaram pela segunda hipótese. Agora só nos resta esperar...

 

 

sinto-me: ansiosa

publicado por Fá às 10:40

link do post | Vá...comentem | ver comentários (2) | favorito
|

Terça-feira, 6 de Janeiro de 2009

Talvez pela ultima vez...

 

 

... o Rafa foi ao hospital, vamos ver. Desta vez para a consulta de fisioterapia.

 

A Drª Zé, uma simpatia, diz que está tudo bem, no lugar, só é preciso cuidado (com as quedas) e muito creme naquela zona, que está muito sensivel.

Ele portou-se muito bem, nunca se zangou, e fazia tudo o que a fisioterapeuta mandava, sempre com um sorriso.

Deixou ao nosso critério uma próxima consulta ou a alta, mas optámos por nova consulta que ficou marcada para daqui a um mes. Ela ainda disse que se na altura víssemos que ele usava a maozita normalmente podíamos ligar e desmarcar. Se, pelo contrário, daqui a duas semanas verificarmos que ele ainda se retrai, podemos ligar para ela o ver.

 

Ele foi embora zangado comigo porque "quero ir tuntigo" e nao podia ser. Nem um beijinho me deu.

 

E pronto, confesso que vim de lá bem mais leve.

 

 

sinto-me: aliviada
tags: ,

publicado por Fá às 15:08

link do post | Vá...comentem | ver comentários (4) | favorito
|

Quinta-feira, 11 de Dezembro de 2008

E lá foi ele...

 

... ao Hospital tirar alguns pontitos, o meu Rafael.

 

Pensávamos nós que ele os iria tirar na totalidade, mas não, vai ser por fases. A maior parte ainda ficou.

 

Mas dizem que está tudo a correr muito bem e para a semana vai lá voltar tirar mais uns quantos, ou talvez o resto, a ver vamos.

 

Esperei com ele na sala enquanto não foi chamado e estava muito bem disposto.

Só me dizia "Bó Fá, quero ir tuntigo (contigo)" e eu lá lhe dizia que não podia ser. Conformava-se por alguns minutos até voltar à carga: "Bó Fá, poxo ir tuntigo?"

 

A mamã dele diz que ele se portou muito bem "lá dentro". Pelo menos isso.

 

Para o deixar foi assim "à francesa" e ele depois já não liga.

Saí de lá tristinha, tristinha... enquanto ele ia para a fisioterapia.

Se apanho isto passado nem acredito. Que pesadelo...

 

sinto-me: com o coração pequenino...
tags: ,

publicado por Fá às 15:28

link do post | Vá...comentem | ver comentários (7) | favorito
|

Quarta-feira, 3 de Dezembro de 2008

Não há condições...

 

Peço que me desculpem, mas ontem não conseguia escrever nada de jeito.

E depois aquele post nem parece meu, não é? Eu que sou sempre tão positiva...

Depois de todo o carinho demonstrado merecem uma explicação, e aqui está:

 

Aquele que começou como um fim de semana de festa, terminou num pesadelo.

 

Domingo de manhã tinhamos programado fazer a árvore de natal.

Depois do banhito começou a azáfama. Pouco depois do meio dia a árvore ficou pronta.

Eles ficaram algum tempo a admirar a obra e eu fui arrumar as caixas vazias.

 

Nisto o Rafa chega ao pé de mim e diz: "Bó Fá queio aua". Quando de repente ouço um vidro a partir, corro para ele e vejo o sangue a "nascer" na mãozinha. Vi logo que era profundo e nem pensei duas vezes, em pijama, tal qual estava, troquei as pantufas por uns sapatos e toca a correr para o Amadora-Sintra.

O meu menino foi um homem, sentado na sua cadeirinha com a mãozinha embrulhada na toalha até lá.

 

Sendo que não se conseguia ver se o tendão estava ou não danificado e esse hopsital não tem cirurgia pediátrica, mandaram o meu menino de urgencia para a Estefânia.

E eu chorava, chorava... O que eu não dava para trocar de lugar com ele.

O resto foi o que se esperava, havia de facto uma lesão no tendão e ele teve que ser operado.

 

Logo na 2ª de manhã eu lá estava com ele. E só lá não dormi também porque de manhã, antes de tudo ter acontecido, tinha recebido a noticia que tinha falecido uma tia minha e eu tinha, para com ela, uma dívida de gratidão enorme. Assim a minha filha ficou lá com o meu menino e eu fui despedir-me da minha tia.

 

Agora digam-me lá como é que ultrapassa um fim de semana destes....

 

 

 

tags: ,

publicado por Fá às 09:35

link do post | Vá...comentem | ver comentários (21) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


.tags

. todas as tags

.As nossas visitas

free counter
free counter

.Fazer olhinhos

blogs SAPO

.subscrever feeds