O Cantinho da Bó Fá é um espaço dedicado aos meus tesouros. São a minha vida. Vivo "deles" e para eles. Aqui pretendo transmitir as alegrias de ser avó. Y otras cositas más...

.historias recentes

. ...

. Há dias assim...

. Relatividade...

. Algo totalmente diferente...

. Não me apetece...

. Esta cabeça...

. Se calhar não...

. A inventar

. Estou assim...

. A mulher-polvo(a)

.O que para aqui vai...

. Janeiro 2014

. Setembro 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

Lilypie Kids Birthday tickers
Lilypie Kids Birthday tickers

Quarta-feira, 9 de Novembro de 2011

...

 

"No good did goes unpunished"


publicado por Fá às 21:33

link do post | Vá...comentem | ver comentários (6) | favorito
|

Sexta-feira, 17 de Dezembro de 2010

Há dias assim...

       (Imagem copiada da net)

 

Dias em que o coração é maior que o peito. Dias em que parece que usamos um "espartilho" daqueles bem apertados, tão apertados que nos custa a respirar. Dias em que, sem razão, ou por qualquer razão, só nos apetece chorar. Dias em que a angústia nos assola e não sabemos porquê.

Dias que só queremos que cheguem á noite...rápidamente

Há dias assim...

 

P.S. Isto deve ser algum efeito do meu sindroma pré-natal 


publicado por Fá às 15:14

link do post | Vá...comentem | ver comentários (10) | favorito
|

Quarta-feira, 15 de Dezembro de 2010

Relatividade...

...é quando passo a vida a queixar-me dela. Que é madrasta. Que é injusta. Que é má. E tudo isso é verdade. A minha vida tem sido má, madrasta, injusta.

E chego a questionar Deus. Onde anda Ele que não vê o meu sofrimento? Porque é que Ele facilita tanto a vida a alguns e a minha é sempre tão complicada? Um problema atrás do outro. Cada um maior e mais grave que o outro... Será que não podia "dividir" um pouco mais as coisas? Equilibrar mais os pratos da balança?

Mas depois vejo uma jovem que sai do médico com uma noticia aterradora e chego á conclusão que afinal Deus é muito meu amigo. Se a minha vida tem sido um pesado fardo, Ele nunca me faltou com a saúde. Tem-me dado forças para ultrapassar cada dificuldade, cada problema. Coragem para seguir em frente. Se eu ando de cabeça erguida é porque Ele me ajuda. E na maior parte das vezes me carrega no colo.

Por isso, todos os dias preciso agradecer-Lhe. A vida, a saúde, a força e a coragem que me tem dado.

 

"Obrigada Senhor"


publicado por Fá às 11:12

link do post | Vá...comentem | ver comentários (12) | favorito
|

Sexta-feira, 26 de Novembro de 2010

Algo totalmente diferente...

... do aqui se fala e que me deixou profundamente revoltada.

Antes de mais quero dizer que acho justo a atribuição de subsidios. Mas controlados e vigiados. A ter sido assim, se calhar hoje evitava-se termos uma Segurança Social falida e que, de segurança não tem nada e de social ainda tem menos.

Posto isto vou relatar o motivo da minha revolta. Estava na Segurança Social á espera de ser atendida quando sai de lá uma sra de etnia cigana. Dirigiu-se á pessoa que com ela tinha vindo e diz-lhe "Era só para saberem ao certo quanto é que eu já recebi este ano. Com o computador dá 15.000 mais coisa menos coisa".

WTF??? Num país onde a maior parte dos trabalhadores TRABALHAM, para ganhar a porcaria do ordenado minimo e repito, TRABALHAM de manhã á noite, com sol, chuva, frio, transportes á pinha, a comer mal e porcamente, com os filhos "desacompanhados". Que depois de um dia de TRABALHO chegam a casa cansados, molhados, frios, a transpirar, cheios de cheiros dos outros, sem paciência para os seus filhos, e levam para casa pouco mais que 1/3 que leva esta familia que está em casa e que, ao contrário do TRABALHADOR que tem que pagar a sua casa, a eles lhe foi atribuída por uma qualquer junta de freguesia. Que, ao contrário do TRABALHADOR, vive sem preocupações de horários, de transportes para apanhar a correr, do frio ou chuva que possa estar na rua, do calor insuportável que não o deixa respirar?

Mas que raio de democracia é esta, onde, para darem a estes parasitas, "roubam" o direito ao abono, aos filhos de quem sustenta esta sanguessugada toda?

Note-se que não falo só de pessoas de etnia cigana, mas de todos que vivem á sombra de RSI e outros que tais, e andam de café em café (falo do que sei, pois vejo-o(a)s diariamente) e cuja única preocupação é ir buscar os filhos á creche que, ao contrário do TRABALHADOR, também não pagam e não deixar acabar o tabaco.

F**a-se para tal justiça democrata!!!

 

Pronto, já desabafei...

Peço desculpa se alguém se sentiu ofendido.

 


publicado por Fá às 09:21

link do post | Vá...comentem | ver comentários (10) | favorito
|

Sexta-feira, 3 de Setembro de 2010

Não me apetece...

... falar do "Processo Casa Pia", por isso vou falar de outra coisa.

 

Acabou há poucos minutos o Portugal 4 - Chipre 4.

Portugal sofreu 4 golos... do Chipre!!!!

Can you believe it???

 

sinto-me: sem palavras

publicado por Fá às 22:41

link do post | Vá...comentem | favorito
|

Esta cabeça...

... até dela própria se esquece.

 

Esqueceu-se de informar que mudou o seu visual.

 

Pois é, cortei os meus longos cabelos acobreados lolll e fiz um corte mais (bem mais) curto, escadeado e com madeixas alouradas e avermelhadas. Devo confessar que no inicio estava um pouco assustada, mas no final fiquei muito feliz com o resultado.

E hoje... comprei uma bolsa linda, linda.

De maneiras que é assim...

sinto-me: a brilhar

publicado por Fá às 21:57

link do post | Vá...comentem | favorito
|

Segunda-feira, 28 de Junho de 2010

Se calhar não...

...Domingo, tal como referi, parámos para comprar pão quente com chouriço.

Já lá estavam algumas pessoas na fila, outras foram chegando.

Passam duas senhoras, e diz uma para a outra:

"Olha, devem estar à espera do pão" 

C'ágora, nós estavamos na "barraca do pão quente" para comprar sapatos.

 

 

Ele há gente...tão inteligente, graças a Deus.


publicado por Fá às 15:53

link do post | Vá...comentem | ver comentários (6) | favorito
|

Quarta-feira, 16 de Junho de 2010

A inventar

 

Em minha casa, bananas é fruta que não se come. Mas é uma das preferidas dos meus tesouros. Então ao fim de semana há sempre bananas. O problema é quando não se comem todas. Normalmente comem-se "por obrigação", porque é pecado mandar comida para o lixo com tanta gente a passar fome. Ou então descobrem-se novas formas de as aproveitar. Foi o que aconteceu ontem. Sobraram 4 bananas e decidi inventar um novo bolo de banana. Ora vejam:

 

4 bananas

2 chávenas de farinha com fermento

2 chávenas de açúcar

1 chávena de óleo

5 ovos

1 embalagem de queijo ralado

1 pacote de natas

 

Primeiro fazer um caramelo e barrar a forma (que deve ser sem buraco). Cobrir o fundo com 2 bananas (ou mais) cortadas ao meio ou às rodelas.

 

Misturar muito bem o queijo com 2 bananas (usei o 1 2 3).

Numa taça juntar a farinha, os ovos, o açúcar, o óleo e as natas. Misturar bem. Juntar a mistura da banana e queijo. Misturar bem até fazer bolinhas.

Verter este preparado na forma e vai ao forno.

 

Só vos digo uma coisa: DELICIOSO

 

Experimentem.

 


publicado por Fá às 09:16

link do post | Vá...comentem | ver comentários (8) | favorito
|

Quinta-feira, 6 de Maio de 2010

Estou assim...

 

... para rebentar de raiva

 

 

 

Ai se eu pudesse, era agora mesmo.

 

Fonix...nunca mais me sai o euromilhões. Mas já me disseram que preciso jogar lol

 

 

 

 


publicado por Fá às 17:18

link do post | Vá...comentem | ver comentários (10) | favorito
|

Quarta-feira, 21 de Abril de 2010

A mulher-polvo(a)

 

 

 

 

Hoje a caminho do emprego deparei-me com uma situção deveras inquietante: ao volante de um carro uma senhora falava ao telemóvel, e não, não usava auricular, fumava e conduzia (ou tentava) tudo ao mesmo tempo.

E depois queixam-se. Ah e tal...acidentes acontecem. Uma pinóia.

 

 (Imagem copiada do sítio do costume)


publicado por Fá às 09:46

link do post | Vá...comentem | ver comentários (2) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


.tags

. todas as tags

.As nossas visitas

free counter
free counter

.Fazer olhinhos

blogs SAPO

.subscrever feeds