O Cantinho da Bó Fá é um espaço dedicado aos meus tesouros. São a minha vida. Vivo "deles" e para eles. Aqui pretendo transmitir as alegrias de ser avó. Y otras cositas más...

.historias recentes

. 6 meses de uma saudade im...

. Parabéns meu Pai!!!!

. Carta para o meu Pai

. Não está fácil... não mes...

. Até quando esta dor?

. Não são boas as noticias

. ...

. Para variar...

. Do fim de semana...

. Da escola...

.O que para aqui vai...

. Janeiro 2014

. Setembro 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

Lilypie Kids Birthday tickers
Lilypie Kids Birthday tickers
Quarta-feira, 3 de Novembro de 2010

Com o mundo às costas

 

Mesmo mesmo na beirinha do abismo...

... era tão fácil...

 

 (Imagem copiada da net)

 


publicado por Fá às 18:04

link do post | Vá...comentem | favorito
|

16 comentários:
De geriatriaaminhavida a 3 de Novembro de 2010 às 18:22
Nem penses nisso!
Acredito que tudo será melhor do que o nosso fim!
Então e as pessoas que nos amam?
Não queremos que sofram, pois não?
Costuma-se dizer que todos temos a nossa cruz, mas temos de ser forte e ter esperança.
Eu sei que por vezes parece que que nunca vamos para melhor, mas digo-te e por experiência propria, por vezes a vida encarrega-se de dar a volta à nossa vida( para melhor , claro)
Durante 11 anos fui uma infeliz, achava que iria morrer assim, mas afinal a minha vida deu uma volta e as coisas mudaram.
Mas por vezes tambem temos de ser nós a querer mudar.
não sei se o que esou para aqui a dizer, faz algum sentido... desejo que sim!


De a 4 de Novembro de 2010 às 23:29
O que me prende é demasiado importante, mas a mente às vezes faz-me propostas assim. Mas eu sou demasiado covarde para lhe dar ouvidos. Por enquanto...
Beijinhos e obrigada pelo carinho


De geriatriaaminhavida a 8 de Novembro de 2010 às 14:23
Nada é mais importante do que a nossa tranquilidade mental. Nao sei se é o caso mas por vezes vamos adiando as decisões devido aos filhos, mas esses apercebem-se mais do que nó julgamos.
E eles também acabam por serem infelizes com a infelicidades dos pais.
Beijinhos e que tudo corra conforme os seus desejos


De a 8 de Novembro de 2010 às 15:46
Obrigada querida. Não é o caso, mas também não é menos grave.
Mas sabes? como em tudo o importante é tomar uma decisão. Se não está nas tuas mãos, nada podes fazer a não ser minimizar os estragos de quem for atingido. É isso que vou fazer.
Beijinhos


De cuidandodemim a 4 de Novembro de 2010 às 10:19
Não devemos escolher os caminhos mais fáceis, temos de ter coragem para percorrermos os mais difíceis, por nós e pelas pessoas de quem gostamos e que também gostam de nós. Vamos afastar-nos do abismo...
Bjns e força!


De a 4 de Novembro de 2010 às 23:31
È só o que eu tenho feito. Escolher sempre o caminho mais dificil, mais espinhoso. Tivesse eu coragem para...
Beijinhos querida e obrigada


De mimi a 5 de Novembro de 2010 às 15:21
OH FÀ...........


De a 5 de Novembro de 2010 às 23:06
Beijinho


De M.Luísa Adães a 5 de Novembro de 2010 às 18:53
Seria assim tão fácil o acordar noutro lugar?

Não creio!

Não morria completamente e o espírito talvez
ficasse a pairar sobre todas as águas.

Existe vida para além! Tenho a certeza, por mim!
Ninguém me contou!...

Beijo,

Mª. Luísa


De a 5 de Novembro de 2010 às 23:11
Mª Luisa,
As vezes penso que esta vida nada mais tem para mim. Então o que faço ainda cá?
Mas depois a cobarde que vive em mim rebela-se e sobrepõe-se e eu deixo que me controle. Por cobardia.
Se existe vida para além desta? Preciso acreditar que sim, de contrário nada valeria a pena.
Beijinhos


De M.Luísa Adães a 6 de Novembro de 2010 às 07:33
A outra que vive em ti e se rebela, não é cobarde,
tem a coragem imensa de viver.

É a heroína da tua vida e tens de continuar.
Primeiro por ti, depois pelos outros a quem amas.

Acredita em mim!

Beijos,

Mª. Luísa


De a 8 de Novembro de 2010 às 15:38
Obrigada minha amiga,
Acredito em ti, sim.
Beijinhos


De mimi a 8 de Novembro de 2010 às 10:56
Leste o que disse esta senhora....leste? Espero que tenhas lido com olhos de sentir...
abraço ghrandeeeeee


De a 8 de Novembro de 2010 às 15:40
Querida Mimi, esta Senhora é, além de poeta brilhante, analista de comportamento humano. Sabe do que fala.
Eu também sei o que ela me quer dizer. Resta saber se terei forças para isso.
O tempo o dirá...como sabes.
Beijinho


De energia-a-mais a 8 de Novembro de 2010 às 15:31
Olá Fá!
o teu coração pode andar apertado mas tens certamente uma alma generosa e motivos para dar luta especialmente por quem te ama (e falo dos teus tesouros, só por eles valerá a pena continuar)
Acredita que sei do que falo, fica atenta ao que se passa à tua volta, às vezes não damos importância aos pequenos sinais...
beijinhos, amiga, ganha força e ânimo, embora sejam só palavras, deixo-tas de coração!


De a 8 de Novembro de 2010 às 15:43
Querida Teresa, nestas alturas, em que nos sentimos à deriva, uma palavra amiga, um gesto, tem o condão de nos trazer ao rumo certo.
O meu rumo são os meus tesouros, como muito bem dizes.
Beijinhos e obrigada pelo carinho


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


.tags

. todas as tags

.As nossas visitas

free counter
free counter

.Fazer olhinhos

blogs SAPO

.subscrever feeds